Ligue para nós!

(81) 3223-1197

Estamos Aberto de:

Seg - Sex: 8:00 A.M - 7:00 PM

Marque Sua Consulta!

Seu Sorriso a um Clique de Distância!

Bruxismo: O que é e como tratar?

Bruxismo é o ato de ranger os dentes. É uma desordem funcional que pode ser noturna, que a pessoa pratica enquanto dorme, ou mesmo diária, em momentos de estresse. A longo prazo, o bruxismo pode causar desgastes severos nos dentes, chegando a precisar de restaurações e até tratamento de canal.

Bruxismo é uma desordem muito comum

Os índices de pessoas afetadas pelo bruxismo no Brasil são maiores do que a média mundial: 4 em cada 10 brasileiros sofrem com a doença, causada principalmente pela ansiedade e pela depressão. Porém, muita gente não sabe tem bruxismo, já que ele se manifesta principalmente durante o sono.

 

Como diagnosticar?

O diagnóstico é feito clinicamente pelo Dentista. Porém, há vários sinais que podem ser observados antes pelo próprio paciente ou pessoas próximas:

Uma delas é o barulho de dentes rangendo durante a noite. Normalmente, pessoas que dormem no mesmo quarto podem relatar esse barulho.

Quem tem bruxismo pode observar também dor ou cansaço nos músculos de mastigação, que ocorre depois de um longo período de tempo rangendo ou apertando os dentes.

O desgaste dos dentes também pode ser observado pelo paciente, quando o quadro é severo.

 

Como tratar?

O tratamento é interdisciplinar: como é uma condição causada por estresse e ansiedade, o bruxismo deve ser tratado com auxílio de um psicólogo, além de exercícios físicos e terapias alternativas que ajudem a relaxar, como meditação e ioga.

O dentista vai agir controlando os desgastes e as dores nos músculos por meios de placas miorrelaxantes, que evitam a atrição dos dentes. Também corrigindo com Aparelho Ortodôntico a posição dos dentes que atrapalhem a mordida e restaurando os dentes que já sofreram com os desagastes.

 

Bruxismo em crianças

A ansiedade é a principal causa do bruxismo em crianças. Dispositivos como televisão, celular e tablets são grandes causadores dessa ansiedade. Não é a toa que a disfunção tem aumentado tanto em crianças, nos últimos anos. Normalmente, a redução do acesso a esses dispositivos tendem a diminuir essa ansiedade e, consequentemente, o bruxismo.

As placas miorrelaxantes não são a primeira escolha para tratar o bruxismo em crianças. Como tanto os dentes quanto os ossos delas estão ainda em crescimento, essas placas podem interferir no desenvolvimento das arcadas dentárias e, ainda, precisarão ser trocadas de tempos em tempos, de acordo com a esfoliação dos dentes de leite e erupção dos permanentes.

Antes, é indicado que os pais encontrem formas de aliviar a ansiedade delas, com esportes que gastem energia, como natação, e reduzindo o uso de telas.

 

E então? Gostou da postagem? Tem alguma dúvida?

Deixe abaixo nos comentários.

 

Fique por dentro!

Não deixe de curtir nossa Página no Facebook.

Siga-nos no nosso perfil do Instagram.

Assista os nossos vídeos no canal Odontoface Responde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *